As Melhores VPNs Grátis

As-Melhores-VPNs-Grátis---vpnConfiável

A popularidade das VPNs gratuitas não surpreende ninguém. Com um acervo de vantagens inquestionáveis, essas redes privadas se tornaram recurso imperativo para todo bom usuário da internet. Isso porque, ao instalar uma VPN, você não somente consegue uma camada extra de segurança para seus dispositivos Windows, PC, Mac, Android ou iPhone, como também muitas outras funcionalidades mais.

Com uma VPN, você pode, por exemplo, alterar seu endereço IP para ter acesso a eventos esportivos e programas de TV de outros países, que normalmente estariam indisponíveis por causa de bloqueios geográficos. Além disso, esses servidores privados ainda permitem que você faça downloads (inclusive por torrent) de forma anônima e com uma velocidade bastante decente.

Somando tudo isso à palavra “grátis”, não é difícil imaginar o porquê do sucesso das VPNs sem custos, não é mesmo?

Pensando nisso, montamos nesta página uma seleção das melhores opções gratuitas de VPN disponíveis hoje para download. E, como nem tudo é o que parece, apresentamos aqui também o outro lado da moeda, discutindo por que nem sempre “grátis” é uma boa pedida para um serviço de VPN.  

Para acesso rápido, abaixo você confere todos os tópicos deste artigo. É só clicar e ir direto ao que interessa.

  • VPNs gratuitas versus VPNs pagas (por que ‘grátis’ nem sempre é uma boa pedida)

  • Top 3 melhores VPNs grátis

  • VPNs que não são grátis, mas que têm um precinho camarada

VPNs gratuitas versus VPNs pagas (por que ‘grátis’ nem sempre é uma boa pedida)

Para evitar generalizações, vamos começar por dizer que sim, existem provedores gratuitos de VPN que são genuínos e fazem de tudo para fornecer um serviço adequado aos seus usuários. Mas essa não é a regra. Em geral, é sempre preferível pagar pela proteção de sua privacidade e segurança. Tenha em mente que servidores, softwares, suporte técnico e outros recursos mais custam dinheiro. Se você não se dispuser a pagar você mesmo o preço de tudo isso, as companhias vão ter de achar outro meio de arrecadar fundos – e é aí que as coisas se complicam.

O barato sai caro

Quando falamos de VPN, o velho dito “o barato sai caro” é a mais pura verdade. Por mais atraente que seja a palavra “grátis” brilhando em sua tela, as consequências do uso de um serviço sem custos nem sempre valem a pena.

Em primeiro lugar, as VPNs gratuitas não costumam ser lá muito confiáveis. Segundo um relatório, cerca de 90% delas são, em verdade, grandes centros de apropriação de dados, que colhem e vendem as informações pessoais dos seus usuários para sustentar um sistema clandestino de coleta de dados. Então, se você preza por sua privacidade, elas são uma péssima escolha.

Em segundo lugar, as poucas empresas genuínas de VPN grátis, as quais de fato trabalham para preservar o seu anonimato na internet, possuem recursos financeiros bem modestos, apresentando assim enormes limitações, tanto em termos da cobertura de servidores que seus usuários gratuitos podem acessar, quanto na velocidade ou quantidade de dados mensal disponível aos seus clientes.

Em terceiro lugar, temos ainda a dura realidade de que se você planeja acessar sites com restrição geográfica como a Netflix ou burlar a censura de governos como o da China, as VPNs gratuitas são inúteis. Afinal, apenas VPNs pagas de primeira linha podem ajudar você a ter sucesso nesses casos.

Assim, para muito além do medo de ter suas informações usadas para marketing ou em coleta de dados, as VPNs gratuitas não são uma boa opção . Isso porque, em geral, elas falham nos três requisitos mínimos que todas as redes privadas devem atender para serem consideradas decentes, isto é, (1) apresentar uma boa velocidade de conexão, (2) fornecer um bom serviço de atendimento ao cliente e, claro, (3) garantir um nível adequado de proteção à privacidade do usuário.

Abaixo, você confere cada um desses critérios em detalhe.

1) Velocidade

Além da programação básica de uma VPN, dois dos principais fatores que afetam a sua velocidade são o número de servidores disponíveis para uso e a quantidade de usuários conectados à rede.

Quando usamos uma VPN premium (isto é, um provedor pago), podemos presumir que ela vá ter uma quantidade adequada de servidores para dar conta do tráfego gerado pelos seus usuários. Com serviços gratuitos, no entanto, isso nem sempre é garantido.

Nunca se esqueça: manter múltiplos servidores ativos em diversos países custa dinheiro. Se você não estiver pagando pelo seu serviço de VPN, isso significa que as pessoas por trás dele estão, provavelmente, atuando com recursos limitados – o que normalmente se traduz em números menores de servidores para você e outras pessoas acessarem.

Some essa limitação ao fato de que você estará lidando com uma quantidade maior de usuários que a existente em serviços premium (afinal, quem não gosta de produtos gratuitos?), e você terá um bom de um gargalo tecnológico. Em resumo: menos servidores + mais usuários = uma experiência mais lenta para todo mundo.

2) Atendimento ao Cliente

Um aspecto em muito negligenciado na avaliação de provedores VPN é o serviço de atendimento ao cliente. E isso é fácil de entender, afinal quando tudo está funcionando bem, você dificilmente se lembra da existência dele. O problema é quando as coisas não estão operando como deveriam – só então você começa a perceber o valor de uma boa equipe de suporte.

Com uma VPN premium como a Nord VPN, você fica tranquilo sabendo que tem à sua disposição uma equipe de atendimento ao cliente pronta e capacitada para ajudar na resolução de qualquer problema que possa surgir na sua rede. Afinal, esse tipo de tranquilidade é justamente um dos motivos por que você paga sua taxa mensal de assinatura.

Divulgação de Anunciantes O vpnConfiável recebe uma pequena quantia de alguns dos servidores VPN que indicamos no site. Esses servidores são nossos e mantém o site funcionando a longo prazo, mas em nenhum momento interferem em nosso plano editorial ou em nossas avaliações. Quando você clica em um link e acaba assinando um serviço indicado pelo vpnConfiável, nós podemos receber uma compensação graças a indicação de um novo assinante. Isso não interfere na veracidade ou qualidade de nossas informações. Para saber mais, veja Sobre Nós
 

Já com uma VPN grátis, um pronto atendimento não é, nem de longe, garantido. Assim como no exemplo anterior, o que pesa aqui é a escassez de recursos financeiros. A verdade é que a maioria dos provedores gratuitos simplesmente não tem fundos suficientes para manter uma equipe de suporte de prontidão para atender às suas questões técnicas. Você talvez encontre uma ou duas pessoas prestando o serviço, mas com milhares de usuários, você não tem como ter certeza de que receberá a atenção devida.

Por óbvio, essa não é a realidade para TODAS as VPNs gratuitas. Também não é possível dizer que todos os servidores premium têm um atendimento ao cliente de qualidade. Mas, em média, você vai notar que serviços gratuitos oferecem uma qualidade inferior de suporte técnico em relação aos provedores pagos.

3) Privacidade

O cuidado com a privacidade é uma das maiores razões por que as pessoas procuram servidores VPN. Em um mundo onde tudo que fazemos é constantemente rastreado e monitorado, a privacidade é um recurso precioso – por isso, você deve prestar muita atenção antes de começar a usar uma VPN grátis.

De maneira simples e direta: se você está preocupado com sua privacidade e segurança online, não use um serviço gratuito de VPN.

O primeiro motivo para isso é que muitos provedores gratuitos de VPN usam um método de implementação de conexão em suas redes conhecido como Protocolo de Tunelamento Ponto a Ponto, ou Point-to-Point Tunneling Protocol (PPTP). Sem abusar muito de detalhes técnicos, o PPTP é, em síntese, um método ultrapassado e obsoleto – significando que é muito frágil e fácil de ser hackeado. Se você está preocupado com sua privacidade, então fique longe dele. Serviços como a Nord VPN usam protocolos como IKEv2 / IPSec e Open VPN, os quais apresentam um nível superior de criptografia e proteção quando comparado ao PPTP.

 
 
vender-dados-para-os-anunciantes

O segundo motivo é ainda mais problemático: muitos serviços de VPN grátis acabam por não apenas manter registros de suas atividades, como também VENDER esses dados para anunciantes. Além disso, alguns provedores de VPN grátis chegam ao absurdo de usar a sua mesma rede de conexão com outros usuários, o que não apenas reduz a velocidade do seu computador, como também expõe você ao risco de ser responsabilizado por qualquer atividade ilegal que o outro usuário venha a fazer na rede. Por isso, cuidado.

Lembre-se: se você não estiver pagando pelo produto, muito provavelmente você É o produto.

Top 3 melhores VPNs grátis

Como todo mundo ama coisas gratuitas, nós decidimos selecionar para você as melhores opções de VPN sem custo. Isso pode ser especialmente útil caso você seja novo no âmbito de segurança online. Nós testamos dezenas de serviços gratuitos de VPN para conseguir apontar quais realmente são capazes de proporcionar uma experiência segura para você.

As três redes privadas escolhidas são as mais rápidas e confiáveis que encontramos, oferecendo um serviço simples, fácil de usar e com a menor quantidade possível de problemas. Esses provedores oferecem boa velocidade, limites generosos de dados e, claro, um bom nível de proteção online da sua privacidade.

Mas note: se você quiser melhorar a rapidez de conexão em sua IPTV ou acessar conteúdos com bloqueio geográfico ou os principais sites de mídia como o Hulu, estas sugestões provavelmente não serão o bastante.

Em nossa avaliação, consideramos quatro fatores essenciais a serem evitados numa VPN gratuita. A lista dos elementos inaceitáveis inclui:

  1. Excesso de anúncios publicitários;

  2. Disponibilidade de menos de 2 locais de servidor;

  3. Quantidade de dados limitada demais (500mb não é nada hoje em dia);

  4. Versões de teste que não fossem, de fato, gratuitas.

Depois, fizemos alguns testes simples para analisar a qualidade da rede:

  • Verificamos a conexão (isto é, se ela realmente alterava o endereço IP e a localização);

  • Fizemos um teste básico de vazamento de dados;

  • Avaliamos se a velocidade da conexão era decente.

Os três provedores que cumpriram esses requisitos mínimos e passaram em nosso teste foram:

 
Nº 1 de 3 VPNs Grátis

Windscribe VPN

Nossa pontuação 7.9

30 dias sem riscos

Ótimo para

Kodi, Tor, YouTube, Torrenting

Disponível em
Android
Apple iOS
Windows
Apple OSX
Google Chrome
Mozilla Firefox
Linux
Prós
Contras

Prós

  • Servidores: N/A | Países: 10
  • Política de zero registros
  • Transferir dados de 10 GB/mês

Contras

  • Até 1 conexões simultâneas)
  • Não funciona em países com firewalls com censura forte, tais como a China
  • A versão gratuita não funcionará com o Netflix
 
Nº 2 de 3 VPNs Grátis

hide.me VPN

Nossa pontuação 7.8

30 dias sem riscos

Ótimo para

Kodi, Tor, YouTube, Torrenting

Disponível em
Android
Apple iOS
Windows
Apple OSX
Google Chrome
Mozilla Firefox
Linux
Prós
Contras

Prós

  • Servidores: 1400 | Países: 35
  • Política de zero registros
  • Atendimento ao cliente ao vivo 24/7

Contras

  • 1 ligação simultânea
  • 2 GB em transferências de dados
  • Não funciona em países com firewalls com censura forte, tais como a China
  • A versão gratuita não funcionará com o Netflix
 
Nº 3 de 3 VPNs Grátis

Proton VPN

Nossa pontuação 7.7

30 dias sem riscos

Ótimo para

Kodi, YouTube

Disponível em
Android
Apple iOS
Windows
Apple OSX
Linux
Prós
Contras

Prós

  • Servidores: N/A | Países: 3
  • Política de zero registros
  • Transferência ilimitada de dados

Contras

  • 1 ligação simultânea
  • Sem P2P ou torrent
  • Não funciona em países com firewalls com censura forte, tais como a China
  • A versão gratuita não funcionará com o Netflix
 

VPNs que não são grátis, mas que têm um precinho camarada

VPN-paga-não-precisa-necessariamente-ser-cara-vpnConfiável

Se depois de todo o exposto, você está tendo ressalvas quanto ao uso de uma VPN grátis, vale a pena destacar que um serviço premium não precisa, necessariamente, ser caro. Você encontra provedores que cobram apenas 3 dólares por mês. E, em geral, todos eles vêm com uma garantia mínima de devolução de 30 dias, além de fornecer um nível de desempenho e proteção bem superior aos gratuitos.

Para escolher a VPN mais adequada às suas necessidades, recomendamos que você verifique nossa página de comparação geral dos melhores serviços de VPN disponíveis.

E se você estiver com pressa, deixamos listados abaixo algumas boas opções pagas que têm preços bastante acessíveis. Com elas, você desembolsa apenas um pequeno investimento mensal e pode ter acesso a desempenho e segurança incrivelmente melhores. Vale a pena conferir.

 
Melhor Valor VPN

Nord VPN

Nossa pontuação 9.6

30 dias sem riscos

Ótimo para

Netflix, Amazon Prime Video, Hulu, BBC iPlayer, Sky, HBO, Torrenting, Kodi, Tor, YouTube

Disponível em
Android
Apple iOS
Windows
Apple OSX
Google Chrome
Mozilla Firefox
Linux
Prós
Contras

Prós

  • Aceita Boleto, PagSeguro
  • Até 6 conexões simultâneas
  • Servidores: 4500+ | Países: 62+
  • Política de zero registros
  • Dupla criptografia
  • Transferência ilimitada de dados

Contras

  • Aplicativos NÃO estão disponíveis em Português. Disponível em inglês
  • O suporte por email pode ser lento
 
Melhor para Iniciantes VPN

CyberGhost VPN

Nossa pontuação 9.5

45 dias sem riscos

Ótimo para

Netflix, Amazon Prime Video, Hulu, BBC iPlayer, Sky, HBO, Torrenting, Kodi, Tor, YouTube

Disponível em
Android
Apple iOS
Windows
Apple OSX
Google Chrome
Mozilla Firefox
Linux
Prós
Contras

Prós

  • Até 7 conexões simultâneas (Novo!)
  • Servidores: 3000 | Países: 61
  • Política de zero registros
  • Suporte ao cliente 24/7
  • Transferência ilimitada de dados

Contras

  • Aplicações não em Português
  • Velocidade Média do Servidor

Tem mais dúvidas sobre torrents e VPN ou quer receber nossas atualizações? Siga a gente no Telegram!