Entenda as diferenças entre um VPN, Smart DNS e Shadowsocks

Quer dizer que você está aqui para entender quais as diferenças entre o VPN e o DNS, e qual deles é o melhor para você? Mas antes de mergulhar de cabeça nessa história toda, que pode deixar qualquer um com dor de cabeça de tão complicada, o bom mesmo é explicar o que diabos é esse tal de DNS, assim como o que é o VPN, certo?

Se você está querendo dar uma fuçadinha naqueles sites ou vídeos (seja eles quais forem, não estamos aqui para julgar ninguém...) que são bloqueados para certas regiões do mundo, então você está querendo um VPN ou um DNS, mas a verdade é que esses dois estão longe de serem parecidos.

Então que tal começarmos explicando o que é o famoso DNS? Na realidade, o DNS se trata de um servidor específico ao qual você pode se conectar, que serve para mudar a localização do seu endereço, permitindo que você acesse os conteúdos que geralmente estariam restritos para a sua região.

Como funciona um DNS

Bom, um proxy desses funciona ao mudar as configurações do seu Domain Name System, o DNS, para que os sites que você for visitar acabem pensando que você está em outro lugar do mundo, onde o conteúdo deles pode ser acessado.

Na verdade, a localização do DNS geralmente serve para te ajudar a conseguir uma conexão mais rápida com o servidor de origem da sua internet, mas ele também pode acabar te impedindo de acessar certos sites e serviços. É aí que um DNS inteligente vem a calhar, já que ele consegue burlar esse sistema todo.

Vale lembrar que o DNS, na verdade, é a forma que a rede usa para localizar o seu endereço de IP por meio de um sistema de nomeação próprio, enquanto um DNS inteligente é o termo usado para descrever um servidor DNS que direciona você para um servidor de proxy, que te dá liberdade de acesso a sites que de outra forma são restritos.

Ao invés de acessar o endereço do seu DNS, um proxy de DNS inteligente vai te conectar ao servidor dele, que vai estar em outro lugar, e vai simplesmente enganar qualquer tipo de site ou serviço que queira conseguir seu endereço. No entanto, ele não vai mudar o seu endereço de IP, já que pra isso você vai precisar é de um VPN!

O que é um VPN mesmo?

Então, um VPN, ou Virtual Private Network, é um serviço que vai te permitir a conexão com a internet por intermédio de um servidor VPN. Todos os arquivos que vão trafegar através do VPN e do seu computador, tablet, ou celular, são encriptados, o que torna sua conexão mais segura.

E, além disso, você pode ter acesso global a partir de qualquer lugar, protegendo sua privacidade de hackers e outras pessoas que queiram ter acesso aos dados que você fornece para a rede, ou até mesmo dar uma olhada no conteúdo que você vem acessando. De quebra, um VPN torna seguro você acessar aquelas redes públicas de internet que têm uma segurança duvidosa.

Leia também: Como usar VPN para garantir sua privacidade online

E como o VPN funciona? É mágica, por acaso?

Não, não é. Basicamente, ele serve como um filtro entre você e a rede. Tudo que você quiser upar ou baixar vai passar pelo VPN, assim como qualquer tipo de dado, seja de um jogo ou do seu acesso aos sites que você não quer que ninguém saiba que você acessa.

Mas qual é a diferença no fim das contas? Bom, a diferença principal, sem dúvida alguma, é a privacidade oferecida em ambas as opções, que vão te permitir acessar conteúdos que são restritos a certas regiões. No entanto, apenas o VPN vai proteger seus dados quando você acessar a net, escondendo seu endereço e protegendo você de qualquer tipo de acesso intruso que queira roubar dados.

Se você não se incomoda com sua privacidade (o que é algo bem estúpido, porque você deveria se importar, e muito), mas ainda quer ter acesso aos conteúdos que são restritos, então um proxy de DNS já vai fazer o trabalho que você está procurando. Mas se você tem um cérebro, vai escolher sempre usar um VPN, já que ele vai te proteger de muita coisa (até mesmo de você, seu safado).

Mas e o tal de Shadowsocks?

O que diabos é esse tal de Shadowsocks, que as pessoas tanto falam por aí? Ah, esse aqui é diferentão, ele até parece ser um VPN, mas é bem diferente de um, na real.

Na verdade ele é usado basicamente para burlar qualquer tipo de censura, e esse programa já vem sendo usado por muita gente desde 2012, mas algo que muitos não sabem é que em 2015 os programadores responsáveis por ele, todos anônimos, tiveram que largar o projeto depois de serem encontrados pela polícia.

Afinal de contas, eles estavam burlando a censura e simplesmente ligando um belo de um "dane-se" para o estado. E é isso que faz o Shadowsocks ser parecido com o VPN, já que ele te permite acessar conteúdos que geralmente estão bloqueados, seja pelo motivo que for. Mas a forma que ele funciona é bem diferente, ele meio que disfarça o endereço que você quer acessar para que ele possa passar pela barreira, e bem, ser acessado (dãã).

Só que o Shadowsocks não encripta nenhum dos seus dados, ou seja, ele não te oferece nenhuma proteção, parecido com o DNS. Então fica ao seu encargo escolher o que é melhor para você. Claro, você pode optar pelo serviço que parece ser mais em conta, só que NUNCA que um serviço desse vai superar a proteção e segurança que um VPN de qualidade vai te oferecer.

No fim das contas, a verdade é que um serviço de DNS inteligente vai acabar recebendo toda a informação que você acessa sem criptografá-la, enquanto um VPN vai sempre criptografar de forma extremamente dedicada cada pedaço de informação que você passar para o servidor, te protegendo de forma ampla contra qualquer tipo de invasão.

Larissa S. 

 Proteja sua privacidade on-line usando a melhor VPN do mercado

Proteja sua privacidade on-line usando a melhor VPN do mercado