Tudo sobre o Disney Plus: o mais novo concorrente da Netflix

Conteúdo exclusivo e qualidade de vídeo impressionante são os destaques do Disney Plus

Anunciado em setembro de 2017, o tão aguardado serviço de streaming da Disney está prestes a sair do forno. Sob o nome de Disney Plus, o projeto traz a promessa de um catálogo capaz de pôr medo nos maiores concorrentes do ramo (como a Netflix e o Hulu) e encantar todos os milhões de fãs da companhia ao redor do mundo. 

Previsto para ser lançado ainda este ano, o Disney+ disponibilizará com exclusividade produções das franquias Star Wars, Marvel e Pixar, além de, claro, títulos dos próprios estúdios da empresa. Aos interessados, pedidos antecipados de assinatura estão disponíveis desde 23 de setembro.

Abaixo você confere, em detalhe, tudo o que já sabemos sobre o incrível serviço de streaming da Disney. 

Quando será lançado?

O lançamento do Disney Plus ocorrerá em etapas. Os primeiros países a serem contemplados serão os Estados Unidos, Canadá e Holanda, em 12 de novembro deste ano. A seguir, virão Austrália e Nova Zelândia, que deverão receber o serviço uma semana mais tarde, em 19 de novembro.

Os demais locais do globo serão incluídos pouco a pouco num período de dois anos. Em comunicado oficial, a Disney disponibilizou um esquema prevendo, de modo geral, a ordem em que as principais regiões do mundo poderão acessar a novidade. Confira abaixo.

  • Europa ocidental: dentro de 6 meses contados a partir de outubro de 2019 ou março de 2020.

  • Europa oriental: dentro de um ano contado a partir de outubro de 2020.

  • América Latina: dentro de 3 meses contados a partir de outubro de 2020.

  • Ásia: dentro de 2 anos a partir de outubro de 2019

Quanto vai custar?

Nos Estados Unidos, o preço inicial será de US$7 mensais. Os números, contudo, podem variar um pouco por região. Abaixo você confere todos os valores mensais anunciados pela Disney, bem como as mensalidades do plano padrão da Netflix em cada um dos países para comparação.

Como se pode ver, o Disney Plus terá valores mais acessíveis que os propostos por sua concorrente - o que, por si só, já é uma grande vantagem. Mas a plataforma não para por aí. Além do preço menor, ela também oferecerá, em relação ao Standard da Netflix, um melhor negócio, com maior número de acessos simultâneos e qualidade superior de imagem e áudio.

Quais os recursos trazidos pelo serviço?

Os assinantes do Disney Plus terão acesso ao streaming dos conteúdos exclusivos em resolução de vídeo 4K Ultra HD e áudio imersivo dos sistemas Dolby Vision, HDR10 e Dolby Atmos. Cada assinante terá direito de usar o serviço em até 4 dispositivos simultâneos, podendo ainda criar 7 perfis diferentes dentro de uma mesma conta. 

Quanto ao acesso offline, o Disney+ oferecerá download ilimitado em dispositivos móveis para que os usuários possam assistir à programação mesmo quando não estejam conectados à internet. Cada assinante poderá baixar os vídeos em até 10 aparelhos diferentes.

No quesito linguagem, em um primeiro momento, o serviço estará disponível apenas em inglês, espanhol, francês e holandês. Isso inclui não apenas a interface da plataforma, mas também as dublagens e legendas do catálogo. Os conteúdos originais do Disney Plus, contudo, poderão trazer idiomas adicionais.

Pensando em acessibilidade, também estarão incluídos closed captions, audiodescrição e assistência de navegação para ajudar usuários dotados de necessidades especiais.

O que estará no catálogo?

Os conteúdos do Disney Plus abarcarão as maiores produções da própria Disney, além de franquias associadas à companhia, como Pixar, Star Wars, Marvel e National Geographic. Também estará na plataforma uma porção da programação da Fox, a exemplo de todas as 30 temporadas de “Os Simpsons” e dos clássicos do cinema “A Noviça Rebelde” e “A Princesa Prometida”.

Como era de se imaginar, os lançamentos da Disney terão exclusividade de streaming no Disney+. Títulos tais quais “Capitã Marvel”, “Frozen 2” e demais mídias estreadas a partir de 2019 estarão disponíveis apenas lá, com previsão de debute pouco tempo depois de saírem dos cinemas. O mesmo se aplicará às franquias Star Wars, Marvel e Pixar, podendo longa-metragens, como o futuro Star Wars: A Ascensão Skywalker, serem vistos por streaming somente no Disney Plus após a exibição nas telonas.

O serviço ainda trará todo o catálogo cinematográfico da Pixar, de Star Wars e dos desenhos clássicos da Disney (Branca de Neve, A Bela Adormecida, Aladdin, Bambi, etc), bem como uma enorme gama de produções originais de filmes e seriados.

Disney Plus contará com produções da Pixar, Star Wars, Marvel e National Geographic

Entre esses originais, destaca-se a série “The Mandalorian”, que traz como enredo a saga de um solitário gunfighter (Pedro Pascal) cerca de 5 anos depois dos eventos ocorridos em “O Retorno do Jedi”. Ainda dentro do mesmo universo de Star Wars, também serão lançadas uma pré-sequência baseada em Rogue One, estrelando Diego Luna, o Cassian Andor do filme original, e uma minissérie trazendo Obi-Wan Kenobi, com Ewan McGregor interpretando o mesmo papel que desempenhou em três filmes da marca.

Fora os mencionados, a Disney ainda tem planos para pelo menos sete novos seriados com astros da franquia Vingadores. Com datas definidas, temos: em 2020, “O Falcão e o Soldado Invernal”, com Anthony Mackie; e em 2021, “WandaVision”, com Elizabeth Olsen, uma série sobre Loki, com Tom Hiddleston, e uma série sobre o Gavião Arqueiro, com Jeremy Renner. 

Sem previsão de lançamento, a companhia desenvolve também programas sobre as personagens Mulher-Hulk, Cavaleiro da Lua e Miss Marvel, além da série animada “What If?” (E se?, em tradução livre), que vai explorar possibilidades alternativas de fenômenos passados no universo Marvel. Para se ter ideia da proposta desta última, em seu episódio piloto, seremos apresentados ao que aconteceria se Peggy Carter - e não o Capitão América -, recebesse o soro do supersoldado e se tornasse uma heroína chamada Capitã Carter. 

Somado a tudo isso, o Disney Plus trará conteúdos originais abarcando documentários, séries de competição, cenas exclusivas dos bastidores, reality shows e muito mais. Ao todo, serão mais de 7.500 episódios de séries e mais de 500 filmes no catálogo, contemplando os gostos de todas as gerações. 

Será um verdadeiro colosso para toda a família curtir as suas produções favoritas quando e onde quiser.

Como acessar a plataforma?

Disney Plus estará disponível nos principais dispositivos de mídia

Os assinantes do Disney Plus poderão acessar o serviço a partir de diversos dispositivos, como celulares, tablets, computadores, smart TVs, boxes de streaming e consoles de videogames (PlayStation 4 e Xbox One). 

A aquisição da assinatura para quem mora no Brasil, contudo, ainda é questão incerta. Um bom palpite é o de que, assim como atualmente ocorre com o Hulu, os brasileiros poderão ativar a assinatura do Disney Plus com o uso de um gift card em dólares.

Do mesmo modo, para ter acesso à plataforma, considerando que ela não será lançada tão cedo na América Latina (a previsão é para depois de 2020), os usuários no Brasil terão de usar de uma rede virtual privada (VPN). 

As VPNs são úteis, neste caso, porque são capazes de mascarar a sua localização no globo, escondendo seu verdadeiro endereço IP e possibilitando que você assista a conteúdos com restrição geográfica - como Netflix, Hulu e, claro, Disney Plus. (Saiba mais sobre o que é uma VPN).

Ao buscar por um provedor de VPN, dê preferência aos serviços pagos. As VPNs grátis, em sua maioria, oferecem uma conectividade mais lenta e instável, podendo reduzir a qualidade da transmissão de vídeo e causar travamentos. Então, para evitar esses transtornos, é recomendável usar apenas programas premium de VPN.

Para não ter dúvidas na hora de eleger o seu serviço de VPN, recomendamos que você dê uma olhada em nossa tabela comparativa das Melhores VPNs. Lá, você poderá avaliar em detalhe os principais provedores do mercado, ganhando conhecimento suficiente para poder tomar uma decisão consciente.

Ao final de tudo isso, bastará que você pegue a pipoca, vista seu chapéu temático do Mickey Mouse e aperte o play. A diversão estará garantida.

Siga a gente no Telegram!