O ataque do Malware filtro VPN chega ao Brasil

Você já deve ter ouvido falar de VPN, mas e sobre o filtro VPN? (EN: "VPN Filter") Não sabe do que se trata? Então esse artigo é para você, acompanhe até o final e saiba como se prevenir.

O filtro VPN é um programa desenvolvido para prejudicar o funcionamento do seu roteador, atacar a sua rede, roubar dados do seu computador e controlar o tráfego da sua rede. Esse programa está na família dos malwares.

Existem muitos tipos de malwares no mundo da internet que esperam um vacilo seu para infectar o seu computador.

 Malware é todo tipo de programa malicioso que durante uma navegação não segura na internet ou uso de pen drives infectados, se instala no seu computador sem que você perceba. Seu objetivo é roubar dados, senhas, danificar seus arquivos entre muitas outras funções negativas para a sua máquina.

Depois que esse malware é executado se origina ações de algumas funções maliciosas que podem prejudicar a sua vida. Vale lembrar que o filtro VPN não tem a ver com VPNs (conexões em redes privadas).

VPN é popularmente conhecido como sendo a sigla em inglês para designar uma rede de conexão mais segura para utilizar a internet e só pessoas credenciadas podem acessar.  Se você quiser saber mais sobre o que é um VPN: O que é um servidor VPN: Tudo que você precisa saber

Já o filtro VPN é o contrário, é um malware, programa malicioso que invade a sua rede para roubar informações.

 Remover Malware é um processo frustrante e doloroso

Remover Malware é um processo frustrante e doloroso

Após instalado, o malware fica atuante no sistema do roteador e a partir daí pode controlar toda a sua conexão com a internet e atacar a sua máquina. O filtro VPN não é eliminado do seu rotador mesmo depois de você reiniciá-lo.

Esse malware tem um funcionamento parecido com o de um trojan. Trojan é um tipo de vírus que burla o sistema fazendo parecer parte dele, mas que na verdade quando executado é mais um perigoso vírus que infecta seu computador. Eles funcionam de forma inteligente e podem ser controlados remotamente de qualquer parte do mundo.

Com o filtro VPN em execução o roubo de dados é facilitado e além de roubar os seus arquivos pode também apagá-los da sua máquina. Nesse ataque a sua conexão com a
internet pode ficar fraca.  Isso será repetitivo e não resolverá mesmo que você reinicie o roteador.

Por isso fique de olho suspeite quando você estiver conectado à internet e não
conseguir navegar em nada, principalmente se isso for uma constante e antes não era. Você pode ter sido vítima do ataque do filtro VPN.

O malware em questão pode trabalhar instalando plug-ins na sua máquina e com isso executar várias ações extras através das autorizações que você concede mesmo sem querer e através disso ter acesso a toda a sua rede e computadores conectados nela.

Para minimizar os efeitos do ataque ao reiniciar o roteador você consegue evitar o escaneamento da sua rede. Saiba que essa ação não resolve todos os problemas, mas já te livra desse pelo menos.

Existem marcas específicas de roteadores em que o filtro VPN já foi detectado mais vezes são marcas de fabricantes populares, de uso doméstico.

Mesmo que o maior volume de ataques sejam em roteadores domésticos as marcas com modelos mais robustos não devem se sentir fora do alcance do ataque desse malware. Segurança e monitoramento nunca são demais.

O que é o malware do filtro VPN

O filtro VPN é um malware que ataca roteadores e sistemas NAS. NAS é a abreviação em inglês de Network Attached Storage que traduzido significa “Armazenamento conectado à rede”.

O sistema NAS consiste em equipamentos que são utilizados para armazenar e compartilhar documentos e informações variadas e ficam acessíveis aos usuários conectados na rede local.

Esse sistema é composto basicamente por um computador mais robusto, com memória, processadores e fontes de alimentação bem mais potentes. O sistema NAS é muito utilizado por empresas de pequeno e médio porte.

Atualmente o sistema NAS também pode ser encontrado em redes domésticas pois o seu custo não é mais tão alto como antes.

O quantitativo de ataques do filtro VPN estão entre os roteadores de pequenas empresas e de uso doméstico. Por isso fique atento a este artigo e saiba o que fazer se for infectado por esse malware.

O filtro VPN infectou diversos roteadores nos Estados Unidos. Até o FBI fez um pronunciamento referente a esses ataques para alertar a população.  Esse malware está se espalhando por todo o mundo e a Europa já sente os efeitos.

No Brasil já se escuta rumores sobre esses ataques por isso fique atento. O filtro VPN tem o potencial de destruir sua conexão com a internet além de roubar todos os seus dados armazenados na sua máquina ou servidor.

Como saber se sua máquina foi infectada pelo malware filtro VPN

Muitas roteadores podem estar infectados pelo filtro VPN e não apresentarem constante lentidão na conexão. Muitas vezes esse ataque não é detectável de maneira orgânica com sintomas que você percebe sem esforço.

A forma mais fácil de detectar se você foi vítima desse malware é se a conexão está mais lenta que o normal mesmo assim há conexões que não se percebe uma interferência na navegação da rede.

O que o malware filtro VPN pode fazer

VPNFilterRouter.png

O ataque do filtro VPN pode destruir todas as suas informações. Não se trata de um ataque leve esse veio para arrasar. Não é a toa que é considerado um dos mais avançados ataques de malware.

O filtro VPN pode monitorar o tráfego da sua rede, apagar o firmware do roteador, fazer comunicação via Tor e procurar caminhos para o tráfego através da porta 502, porta padrão para conexão com servidores.

Como interromper o ataque do filtro VPN

malware.png

A única forma de você conseguir bloquear o ataque desse malware é redefinir o roteador para as configurações originais de fábrica. Reiniciar o mesmo não acaba de vez com a atuação do filtro VPN.

Além da reconfiguração, altere as configurações de administração do seu roteador, como a senha de acesso e faça atualização do seu firmware para a versão mais recente. Esses pequenos cuidados podem evitar uma grande dor de cabeça.

O passo a passo das configurações do roteador e atualização do mesmo podem ser encontradas no site do fabricante de cada roteador. Siga as instruções e fique livre desse malware.

Fernanda G.

Comparação VPN 2018.png

Escolha a VPN certa para você