O que é Dark Web e como acessá-la?

Seja por mera bisbilhotice, seja por necessidade de privacidade, seja pelo vasto conteúdo que não é encontrado em mais nenhum lugar, seja pela vontade de usá-la, ou até mesmo por motivos não tão bons assim, o fato é que muitos possuem a curiosidade de saber como funciona a Dark Web.

Envolta de muito mistério e diversas mazelas, a Dark Web oferece temor àqueles que não sabem como usá-la, porém ao descobrir como utilizá-la, abre-se um leque para uma imensidão de substâncias, que jamais seriam encontradas na Surface Web, pensando nisso esse artigo irá guia-lo a dar os primeiros passos nessa imensa escuridão que guarda os segredos jamais revelados!

Venham para o lado negro da força!

Nossa escolha: Melhor VPN para a Dark Web (Tor Network)

O acesso à Dark Web acontece através do navegador Tor Network. Usando o endereço exclusivo .onion você terá acesso a um outro mundo na internet. Viajar para este mundo aumenta o risco de cybercrime e vigilância do governo. Isso significa que você quer se equipar com uma VPN que usa criptografia de ponta e também aceita pagamentos anônimos como o Bitcoin.

NordVPN-TopPics.png

# 1 Nord VPN - Incrível Mistura de Valor e Velocidade

Uma política rigorosa de zero logs baseada no Panamá. (Jurisdição VPN Segura)

Você pode pagar com Bitcoin, Ethereumou Ripple

Garantia de devolução de seu dinheiro de 30 dias

ExpressVPN-TopPics.png

# 2 Express VPN - A Melhor VPN do Mercado

Uma política rigorosa de zero logs baseada nas Ilhas Virgens Britânicas (Jurisdição Safe VPN)

Você pode pagar com Bitcoin

Garantia de devolução de seu dinheiro de 30 dias

Diferença entre Deep Web e Dark Web

dark-web-iceberg.jpeg

 Bom, para começar precisamos acabar com a confusão que envolve a Dark Web e a Deep Web, está última é todos os arquivos que não são encontrados através dos mecanismos de busca comuns, como: o Google, Bing, Yahoo, dentre outros.

No que se refere a Dark Web, segundo o site da BrightPlanet: “a Dark Web é então classificada como uma pequena parte da Deep Web que foi intencionalmente ocultada e inacessível através de navegadores padrão da web.”

Já a Surface Web, ou Clear Web como também é conhecida, é a Internet comum que usamos no dia-a-dia para fazer buscas, usar redes sociais e nos conectar com o mundo. Segundo o BrightPlanet: “Surface Web é qualquer coisa que possa ser indexada por um mecanismo de busca típico, como Google, Bing ou Yahoo.”

Ocorre que a Surface Web é muito mais limitada nos conteúdos, digamos que de 100% do que há na Web, somente 10% se encontraria na Clear Web, além de não oferecer anonimato a seu usuário.

Então meus amigos, vamos navegar nas águas escuras e profundas da Dark Web!

Aquela que não podemos falar o nome: Dark Web

Darknet.png

A famosa Dark Web e suas inúmeras lendas, especulações, confabulações, e mistérios envolvendo seu uso, a qual figura como protagonista das histórias mais bizarras e arrepiantes do submundo.

Tudo isso nos remete a Dark Web (Teia Escura), que chama atenção do público que gosta de privacidade, do anonimato, e que apesar da má fama pode oferecer vários benefícios ao seu usuário, basta saber como utilizá-la.

A Teia Escura, pode oferecer aos que se arriscam nela, uma imensidão de substâncias como downloads de filmes, séries, livros, músicas, além de bancos de dados e bibliotecas do governo e, tantas outras coisas que você não conseguiria acessar na Internet comum, ou só conseguiria acesso pagando, além de oferecer a tão estimada liberdade de acesso para aqueles que moram em países de regime autoritário, no qual o acesso a plataformas como Facebook, Instagram e outras são censuradas.

Ela ganhou popularidade como um lugar seguro para pessoas que querem fazer denúncias, ativistas, jornalistas e outros que precisam compartilhar informações confidenciais, mas que não poderiam fazê-lo nas páginas comuns de navegação, por medo de perseguição política ou retribuição por parte de seu governo ou de outros países poderosos. Como foi o caso de Edward Snowden que revelou segredos de monitoramento da NSA a Sarah Harrison editora da WikiLeaks.

Livre de censura oferece abrigo para a liberdade de expressão daqueles que moram em localidades opressoras, além de oferecer anonimato em uma era em que tudo é público.

Guia para iniciantes na Dark Web: passos simples para acesso inicial

Tor-VPN.png

A primeira coisa que o navegante aventureiro da Dark Web precisa fazer é baixar um navegador apropriado para utilizá-la, o mais indicado é o TOR BROWSER, que é um software de anonimato de código aberto, além de ser um dos mais famosos. Após baixa-lo siga as instruções na tela, fazendo como em qualquer outro aplicativo ou navegador, coloque para executar, faça a instalação e, depois basta abrir para navegar. 

 O TOR (The Onion Router) possui versões para  Windows ,  Mac  e  Linux.  Seguindo esses passos, pronto. Você está pronto para navegar pelas águas profundas da Dark Web!

O TOR (The Onion Router) possui versões para Windows, Mac e Linux. Seguindo esses passos, pronto. Você está pronto para navegar pelas águas profundas da Dark Web!

Quando você está na Dark Web, ISPs (Internet Service Provider), e por extensão, o governo - pode não ser capaz de ver sua atividade, mas eles saberão que você está na TOR Network. Isso por si só é suficiente em alguns países para levantar suspeitas.

 Quando você está na Dark Web, ISPs (Internet Service Provider), e por extensão, o governo - pode não ser capaz de ver sua atividade, mas eles saberão que você está na TOR Network. Isso por si só é suficiente em alguns países para levantar suspeitas.

Exatamente por isso que é importantíssimo o acesso ao TOR utilizando uma VPN. Assim, seu tráfego de Internet é roteado por meio da VPN antes de passar pela rede TOR e finalmente chegar ao seu destino. Com esse método, seu ISP só vê o tráfego VPN criptografado e não sabe que você está na rede TOR, além de ser uma eficaz proteção contra ataques na rede TOR.

Sendo assim, certifique-se que o VPN está ativado e está redirecionando a localização a outro país. Ele é o responsável por ocultar o endereço IP de qualquer hacker que tente visualizar sua localização; portanto, é uma camada extra de segurança, muito importante já que as outras pessoas verão um endereço IP de outro país, totalmente diferente do seu IP real.

Após esses passos feche qualquer janela aberta de outros navegadores. Dessa forma, nenhuma informação pública de navegações anteriores estará disponível ao conectar-se ao TOR.

Outra dica importante é não maximizar a janela do TOR, uma vez que isso acaba permitindo que alguns programas rastreiem o usuário de acordo com a resolução da tela.

Tenha em mente que o idioma padrão na Dark Web é o inglês, e você não encontrará as formatações dos sites aos quais está acostumado. Mas sim, uma série de links, fóruns e páginas que parecem ter saído da década de 90.

Por isso, muita atenção e cuidado redobrado ao navegar na Teia Escura, não clique em links suspeitos, que obtenham conteúdo inapropriado, nem faça download de coisas das quais desconhece. E ao fazer um download, antes de abri-lo feche todas as janelas as quais esteja navegando, para só depois executá-lo.

Ademais, assim como na Clear web, evite se comunicar com estranhos, enviar fotos suas, usar seu e-mail real, e usar senhas que já tenha utilizado em algum momento na vida. Lembre-se que você está em um ambiente sem vigilância, e nós seres humanos soltamos nossa fera quando não estão nos olhando.

Com essas precauções, aqui você pode encontrar uma pequena lista de sites que você pode acessar na Dark Web.

Divirtam-se meus amigos, venham para o lado negro da força!

Elícia D.

 Encontre o melhor VPN para a Dark Web

Encontre o melhor VPN para a Dark Web